O Dia Mundial da Criança, que existe há já 70 anos, surgiu no pós-guerra da Segunda Guerra Mundial e depois da criação da UNICEF pela ONU, com o objetivo de chamar a atenção para os problemas que as crianças então enfrentavam. O Projeto Porta 7 E7G assinalou a data na última sessão da Ser Criança sem murosatividade Ubuntu para Crianças, com a presença da técnica da CPCJ de Guimarães, Henriqueta Fernandes, que de forma divertida e dinâmica, partilhou com os 21 alunos do 3º ano da Escola EB1 de Gondar, alguns dos Direitos previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança, através da plataforma Zoom. A sessão despertou o interesse de todos os alunos que participaram de forma pertinente sempre que solicitados “Os muros é como se fossem as ligações, o muro do pai e o muro da mãe deixam a menina triste!”, refere Gabriel Silva, 9 anos, refletindo sobre o Direito das Crianças à Proteção da Negligência.
No final da sessão, lançamos o desafio de desenharem o direito que mais gostaram.
Um agradecimento especial à CPCJ de Guimarães e à Professora Henriqueta Fernandes pela colaboração e aos professores da Escola Eb1 pela presença e disponibilidade constantes. 

Social Share:
Go to top
Template by JoomlaShine