Uma semana, a do 21 de Maio, onde a palavra diversidade fez eco em várias esferas políticas e sociais e onde diferentes atores, deste palco da intervenção social, se juntaram para celebrar o Dia Mundial da Diversidade Cultural e para o Diálogo e Desenvolvimento, criado em 2002 pela UNESCO para declarar a diversidade cultural património comum da humanidade.Ser diferente é absolutamente natural 1
Tendo em conta a importância desta temática num projeto de intervenção social, o Projeto Porta 7 E7G dinamizou uma sessão
E@D da atividade Ubuntu para Crianças, com os alunos do 3º ano da Escola EB1 de Gondar, de acordo com o tema, com os objetivos de incentivar à interajuda, ao respeito à diferença e ao respeito pelo outro, explorando o eixo da Ética do Cuidado. A partir da leitura do conto “Meninos de todas as cores”, de Luísa Ducla Soares, podemos conhecer algumas culturas, perceber que o reconhecimento das diferenças e sua valorização enriquece as nossas sociedades e entender que a diversidade torna a vida surpreendente. Cada um dos alunos fez a ilustração da personagem que mais gostaria de conhecer, esclarecendo a sua curiosidade “Eu desenhei o Pena de Águia porque gostava muito de conhecer como vivem os índios”, Giulia, 8 anos.
O nosso agradecimento aos professores Alice Guimarães e Mário Rui, pela presença e disponibilidade constantes.

 

 

Social Share:
Go to top
Template by JoomlaShine