O PortaSete PE partilhou no passado dia 7 de Junho, no Instituto de Educação da Universidade do Minho, a sua experiência enquanto projeto de intervenção social que utiliza a filosofia Ubuntu, uma metodologia de educação não-formal assente em 5 pilares (auto-conhecimento, auto-confiança, resiliência, empatia e serviço) nas escolas parceiras do projeto.Projeto Porta 7 E7G apresenta atividades Ubuntu no Seminário Academia de Líderes Ubuntu
A filosofia Ubuntu foi olhada como um novo paradigma educativo, tendo sido confirmada a sua aplicação a diferentes contextos educativos e comunitários, como o do projeto.

Social Share:
Go to top
Template by JoomlaShine